• EB de Cruz

  • EB de Escudeiros

  • EB de Figueiredo

Copyright 2019 - AECeleirós

DM - 10/10/2019 - Escola "Amiga da Criança"

Foram mais de três mil candidaturas que, no total, submeteram a concurso 1500 projetos, postos em prática durante o ano letivo 2018/2019.

Na categoria Cidadania / Inclusão, a EB 2/3 Lamaçães, com o “Projeto Lamaçães contra o Bullying”, recebeu o selo.

«Esta iniciativa consistiu em várias ações de sensibilização da comunidade escolar em relação à problemática do Bullying. Pretendeu-se envolver na reflexão e debate sobre este tema toda a comunidade escolar. Da iniciativa fez parte uma palestra seguida de debate, intitulada “Bullying e Cyberbullying: uma realidade a entender e a reagir”, dirigida a pais e encarregados de educação, na EB 2,3 de Lamaçães», destacou, entre outras, fonte da associação de pais desta escola.

Na categoria Saúde / Ambiente, foram distinguidas pelas ideias extraordinárias a EB 2/3 Nogueira, com a iniciativa “Somos o que comemos”, o Colégio João Paulo II, com “Alimentação Saudável”, a EBI/S Conservatório Música Caloust Gulbenkian com “Música com Saúde”, e EB 2/3 Celeirós com “Educar com a Horta e Floresta Escolar”.

Já na categoria Atividades Extracurriculares/Interdisciplinares, foram distinguidas a EBI/S Conservatório de Música Caloust Gulbenkian com o “Clube A Magia das Ciências”, o Colégio João Paulo II, com o “Ciclo de Conferências do Colégio João II” e as “Jornadas da Ciência”, o Colégio Teresiano com “Leio porque Eu quero/ Leitura partilhada”, e a EB 2/3 Dr. Francisco Sanches com a “Tutoria de Pares”.

Na categoria Digital foi reconhecida a EB 2/3 Francisco Sanches com o “Clube de Programação e Robótica” e na categoria Envolvimento Família-Comunidade foram distinguidas EB 1 Parretas – nº 33, com o projeto “Escola + Família = Sucesso” e a EB 2/3 Tadim com “Encontro de Gerações.

A iniciativa tem como objetivo «partilhar e distinguir iniciativas extraordinárias, desenvolvidas pelos estabelecimentos de ensino», que contribuam «para um desenvolvimento mais feliz dos alunos no espaço escolar».

A Escola Secundária de Francisco Franco, da Região Autónoma da Madeira, com o projeto “Banco dos Afetos“, foi a grande vencedora desta iniciativa, e terá a sua biblioteca repleta com cinco mil euros em livros LeYa.


Notícia original: https://www.diariodominho.pt/2019/10/10/doze-escolas-de-braga-distinguidas-com-selo-amiga-da-crianca/
f t g m
Este sítio pode recorrer à utilização de Cookies durante a navegação. Ao navegar pelo sítio está a concordar com a utilização de cookies.