Copyright 2018 - AECeleirós

Avaliação Externa das Escolas - Relatório Final

Está disponível para consulta o Relatório da Avaliação Externa elaborado pela InspeçãoGeral da Educação e Ciência, em resultado da ação inspetiva que teve lugar neste agrupamento de escolas entre os dias 25 e 28 de novembro de 2013.

Espera-se que este documento constitua um instrumento de reflexão e de debate, indutor de uma cultura institucional de avaliação e aperfeiçoamento contínuos.

Regista-se a atitude de empenho e de mobilização da comunidade educativa, bem como a colaboração demonstrada no decurso da avaliação.

A Diretora
 
 
 
 
 
 
 
 

Avaliação Externa das Escolas - novembro de 2013

Na sequência do primeiro ciclo de avaliação externa das escolas, e após uma fase de experimentação de um novo modelo de avaliação, a Inspeção Geral da Educação iniciou, no ano letivo 2011-2012, um novo ciclo deste Programa. Neste sentido o nosso Agrupamento foi selecionado para esta avaliação, em 2013-2014, num total de 56 Escolas/Agrupamentos na área da Direção Geral dos Estabelecimentos Escolares da Região Norte (DGEstE – DSRN).

A nossa avaliação decorrerá nos dias 25 a 28 de novembro. A equipa de avaliação será constituída por dois inspetores da IGE e um avaliador externo.
Esta avaliação vai desenvolver-se de acordo com os seguintes procedimentos:



Avaliação Externa das Escolas - Relatório Final

Está disponível para consulta o Relatório da Avaliação Externa elaborado pela InspeçãoGeral da Educação e Ciência, em resultado da ação inspetiva que teve lugar neste agrupamento de escolas entre os dias 25 e 28 de novembro de 2013.
Espera-se que este documento constitua um instrumento de reflexão e de debate, indutor de uma cultura institucional de avaliação e aperfeiçoamento contínuos.
Regista-se a atitude de empenho e de mobilização da comunidade educativa, bem como a colaboração demonstrada no decurso da avaliação.

A Diretora

Autoavaliação

Nos últimos anos, a Equipa de Autoavaliação (EAA) deste Agrupamento teve a seu cargo o início e o desenvolvimento de um processo participativo de autoavaliação com a finalidade de registar os aspetos positivos da organização e do funcionamento do agrupamento, identificar as áreas mais problemáticas e os aspetos a melhorar, e, na sequência deste trabalho, propor aos vários órgãos estratégias de melhoria e soluções mais adequadas para os problemas encontrados.

Foi com a sua integração no Projeto PAR (Projeto de Avaliação em Rede – Universidade do Minho) que esta Equipa iniciou o dispositivo de autoavaliação de escola (DAAE), através do qual, com o apoio do Grupo de Focagem(1), foram sugeridas recomendações e estratégias de melhoria nos âmbitos do comportamento, da indisciplina e da valorização das aprendizagens.

No ano letivo transato, em parceria com a Fundação Minerva-Ensino e Investigação Científica, no âmbito do Observatório da Melhoria e Eficácia da Escola da Universidade Lusíada do Porto (OMEE), esta Equipa inquiriu a comunidade educativa, tendocomo objetivo conhecer os resultados alcançados com o Projeto Educativo. Com este estudo, é agora possível clarificar as prioridades e as estratégias para o próximo Projeto Educativo, bem como elencar as sugestões de melhoria do processo educativo que farão parte do nosso Plano de Melhoria(2). Neste contexto, a EAA sugeriu que as dimensões a incluir no Projeto Educativo e no Plano de Melhoria do Agrupamento fossem as que a seguir se enunciam: i) Visão/Estratégia; ii) Elevados Padrões Académicos; iii) Competências sociais e emocionais; iv); Clima Escola/Social; v) Envolvimento parental; vi) Constante Monitorização.

Na sequência do trabalho realizado, e após ter sido auscultada a comunidade educativa, o Plano de Melhoria centrar-se-á, este ano letivo, nas dimensões Elevados Padrões Académicos(3) e Envolvimento Parental, as quais deverão ter especial enfoque no Projeto Educativo.

(1) O Grupo de Focagem é uma estrutura consultiva e representativa da comunidade educativa. Este grupo auxilia, ainda, a EAA na validação dos instrumentos produzidos e na interpretação dos dados recolhidos.

(2) O Plano de Melhoria é um conjunto de estratégias organizadas e implementadas com o objetivo de promover a melhoria dos processos educativos. Este plano traduz-se num processo contínuo de identificação das necessidades e dificuldades dos alunos, dos professores e da comunidade educativa. O Plano de Melhoria da Escola é construído com vista à eficácia nas várias dimensões da escola, principalmente nas assinaladas como aquelas a melhorar.

(3) Os padrões académicos correspondem à definição clara do que é esperado de cada aluno. Reflete-se no estabelecimento de objetivos e na concretização de procedimentos que favoreçam níveis superiores de desempenho dos alunos.

                                                                  A Coordenadora da Equipa de Autoavaliação

Subcategorias

f t g m
Este sítio pode recorrer à utilização de Cookies durante a navegação. Ao navegar pelo sítio está a concordar com a utilização de cookies.